Panificadora Santa Clara

O trabalho manual

O trabalho é, também para vós, participação na obra que Deus Criador realiza no mundo. Esta atividade coloca-vos em estreita relação com quantos trabalham, responsavelmente, para viver do fruto das suas mãos (cf. Gn 3, 19), para contribuir para a obra da criação e servir a humanidade; de modo particular, faz-vos ser solidárias com os pobres que não podem viver sem trabalhar e que muitas vezes, mesmo trabalhando, têm necessidade da providencial ajuda dos irmãos.

A fim de que o trabalho não extinga o espírito de contemplação, como nos ensinam os grandes Santos contemplativos, e para que a vossa vida seja uma vida «pobre na realidade e em espírito, laboriosamente vivida em sobriedade”, como vos impõe a profissão, com voto solene, do conselho evangélico da pobreza, o trabalho seja realizado com devoção e fidelidade, sem se deixar condicionar pela mentalidade da eficiência e pelo ativismo da cultura atual. Para vós permaneça ainda e sempre válido o lema da tradição beneditina «ora et labora», que ensina a encontrar uma relação equilibrada entre a tensão para o Absoluto e o empenho nas responsabilidades diárias, entre a quietude da contemplação e a prontidão no serviço.

Para sustento e despesas de nosso Mosteiro, fabricamos deliciosas Cucas caseiras, uma vez por mês nos dedicamos a esse trabalho que nos sustenta e nos leva para mais próximas de Deus.