Atendimento Espiritual

“Unidas a Deus, ouvi o clamor dos vossos irmãos e irmãs (cf. Ex. 3, 7; Tg. 5, 4) que são vítimas da ‘cultura do descarte’, ou que precisam simplesmente da luz do Evangelho. Exercitai-vos na arte de escutar, ‘que é mais do que ouvir’, e praticai a ‘espiritualidade da hospitalidade’, acolhendo no vosso coração e levando à vossa oração tudo o que diz respeito ao homem criado à imagem e semelhança de Deus”. (cf. Gn. 1, 26) (VDQN. 36)

O atendimento espiritual significa a arte de conduzir almas progressivamente desde o inicio da vida espiritual até os cumes da perfeição cristã.

Segundo o testamento da Tradição, o acompanhamento espiritual é moralmente necessário para alcançar a perfeição cristã, temos alguns exemplos na Sagrada Escritura sobre ser guiado por um outro ao cumprimento da vontade de Deus em nossas vidas (At 9, 17-18); (At 10,5); (Tb 4 ,18).

De fato, desde os tempos apostólicos, a prática da orientação espiritual aparece na Igreja como exemplos citados à cima.

“Ao lado das almas mais perfeitas, há sempre alguém sábio, que as inicia e governa até serem levadas à santidade.”

(Livro Teologia da Perfeição Cristã

Antonio Royo Marín O.P)